Anfitrião do Plautus (Resumo, Análise e Revisão)

Nesta ocasião, trazemos um resumo completo do trabalho de Plautus, um dos maiores de seu tempo.

Primeiro, veremos os personagens principais, depois um resumo e, finalmente, uma análise desta comédia.

Principais personagens

  • Mercúrio: deus, filho de Júpiter
  • Sosias: Escravo anfitrião
  • Júpiter: deus
  • Alcmena: esposa do anfitrião
  • Hospedado por General Tebano
  • Tesala: servo de Alcmena
  • Blefarón: pilot
  • Bromia: Ela é outra serva de Alcmena
  • Náucrates: Cunhado de Alcmena

Sinopse ou breve resumo

A ação acontece em Tebas. Júpiter personifica Host e passa a noite com sua esposa Alcmena, Host por sua parte, desembarcando de uma expedição vitoriosa.

Ele é acompanhado por Sosia, sua escrava que está indo dar à amante a notícia do retorno de seu marido.

O deus Mercúrio, que acompanha Júpiter, impede que o escravo interrompa o idílio de Júpiter; por isso, ele dá uma surra na sosia e manifesta-lhe que o verdadeiro escravo é ele.

Para verificar isso, o deus descobre detalhes de sua vida; Sosia verifica que esse indivíduo desconhecido é seu retrato vivo.

Espantado, ele pergunta ao deus: Quem sou eu então? Mercúrio responde: Homem sem nome, você receberá muitos cílios se não desistir do seu lugar.

Ao amanhecer, Júpiter se despede de Aclmena. Ele sai para a batalha deixando para ele um cálice de ouro como lembrança. Em pouco tempo, Anfitrião que não acreditou na história que seu escravo lhe contou, chega em sua casa.

Ele acredita que já esteve com ele e que passaram a noite juntos. O marido considera que ele perdeu a cabeça, mas ficou surpreso ao saber como ela narra as batalhas em que ele participou e mostra a ele o cálice de ouro que ele pretendia dar a ela.

Diante das suspeitas de seu marido, ela se ofende e proclama sua própria inocência nos seguintes termos: meu dote é minha castidade. Por sua parte, o anfitrião não admite protestos porque tem certeza absoluta de que passou a noite em seu barco.

Júpiter novamente assume o aspecto Host e aparece diante de Aclmena. Ele diz a ela que tudo não passou de uma piada para provar sua fidelidade e ela o perdoa por sua loucura diante dos olhos surpresos de Sosia, que testemunhou a cena.

Júpiter chama a falsa Sosia para impedir que o verdadeiro Anfitrião entre, no entanto, os dois Anfitriões estão frente a frente sem que nenhum dos companheiros de guerra seja capaz de determinar qual deles é o real.

Aclmena sente as primeiras dores do parto e Júpiter a ajuda; enquanto isso, o verdadeiro host cai desmaiado. Quando ele voltou para ver se um escravo comunicava a notícia: ele tinha dois filhos, o primeiro de extraordinário vigor (Hércules).

Júpiter anuncia que o menino é seu filho e restaura a honra de Aclmena; o outro dos gêmeos, é de origem humana (do Anfitrião) e recebe o nome Ificles.

Análise do trabalho

O título, Anfitrião, é porque esse é o nome do principal general tebano em torno do qual o trabalho é desenvolvido.

Nesta comédia, a única em que Plautus aborda um tema mitológico, são expostas as preliminares do nascimento de Hércules.
O fato de alguns deuses aparecerem entre seus personagens justifica o título de “tragicomédia”, que o próprio autor atribui a ele em seu prólogo.

Como entender o trabalho do Plauto Host?

Muitas vezes, é difícil entender trabalhos como comédias ou tragédias; é por isso que hoje recomendamos que você veja essa representação ou encenação teatral do Anfitrião de Plautus, onde é explicado em detalhes qual é o papel de cada personagem, além de como o trabalho

Deixe uma resposta