Desejo Literário

Comentários

  • Rayme disse:

    não li O Lado Bom da Vida e também não tenho curiosidade em lê-lo, mas pela sua resenha deste aqui, fiquei curiosa!
    não conhecia este livro ainda, mas esta coisa de garota suicida me deixou bem curiosa. também acho triste, mas é um tipo de tema que me deixa atraída (isso é estranho?)
    Participando do sorteio!!! 😀

  • Camila Karlla disse:

    Ai gente… Esses livros tristes partem o meu coração. Esse parece ser muito bom. Vou tentar lê-lo em breve.

  • lorena p disse:

    Sou louca parar ler esse livro desde que ele lançou! Já vi diversas criticas positivas sobre ele, o que me deixa ainda mais curiosa. Tenho O Lado bom da Vida em minha estante esperando ser lido à um tempo já, e assim, eu gostei muito do filme (vi o filme primeiro que li o livro confesso) no entanto, tenho receios quanto ao livro porque várias pessoas não gostaram dele. Acho o tema abordado em Perdão Leonard Peacock muito interessante, tentar intender a mente de um suicida de fato é algo intrigante. Apenas looooouca para lê-lo! Adorei a resenha, mesmo que sendo curtinha 🙂

  • Unknown disse:

    Estava em dúvida se o livro era bom, visto que O Lado Bom da Vida foi um pouco decepcionante… Mas depois desta resenha fiquei bastante curiosa para ler Perdão, Leonard Peacock.

  • Não sei, diversas pessoas me falaram que O Lado bom da vida era ruim. Eu li e curti e já estou com vontade de ler Perdão, Leonard Peacock; visto que ele é um suicida e desiste de viver. Parece que o livro é ótimo (:

  • Tema forte hein :S Dá até medo de ler algo assim….Mas me pareceu ser interessante! Eu ainda não li o outro livro do autor, e acho que vou começar lendo Perdão, e se eu gostar depois eu leio O lado bom da vida 😀
    Ótima resenha

    Beijo

  • Milena Lima disse:

    É a segunda vez que estou lendo sobre o livro e realmente me interessei, espero ter a oportunidade de lê-lo em breve…

  • Achei o livro tão profundo mas quantas vezes isso acontece na vida real, está aqui pra todo mundo ver, nunca li nada desse autor e estou bem curiosa coma a história desse menino solitário, gosto de livros assim que retratam os sentimentos.

  • Tainara H. disse:

    Eu tenho “O Lado Bom da Vida” aqui, mas ainda não li. Até comecei, mas não me empolguei tanto em continuar e acabei passando outro na frente. Claro que só li as primeiras páginas e pretendo recomeçar, mas é bom saber que “Perdão, Leonard Peacock” é ainda melhor, já que o anterior também foi muito elogiado. Gostei muito da história, não sabia que o livro tinha essa temática de suicídio, mas gosto de livros assim. Já está na minha lista de desejados, espero ler logo e quem sabe agora eu me animo mais em ler o outro livro do autor. ;D

  • O lado bom da vida é um dos meu livros preferidos s2
    Recomendo para todos os meus amigos, resultado ele não para mais na minha estante.
    Gostei tanto dele que tenho vontade de ler outros livros do Matthew Quick, e Perdão, Leonard Peacock está entre os meus desejados desde que foi lançado.
    O enredo me atraiu, é uma temática profunda, pesada. Ainda não tinha visto nenhum comentário a respeito dele e depois de vc dizer que é uma leitura recomendadíssima, a vontade de ler aumentou. Espero em breve ter um exemplar em mãos 😉

  • Oliveira disse:

    Deve ser estranho ler um livro sobre essa perspectiva. A mente completamente deprimida e voltada a morte. E deve ser angustiante também. Mas, é um livro que sempre me chamou a atenção. Quero muito lê-lo.

  • Oliveira disse:

    Deve ser angustiante e muito deprimente ler um livro sob a perspectiva de alguém que esta prestes a tirar a própria vida. Mas, esse livro sempre me chamou a atenção e quero muito lê-lo.

  • Ingrid Sodré disse:

    Sempre vi esse livro em vários blogs, com notas altas, mas nunca tinha parado para ler a resenha. Não esperava que tratava-se de um livro sob a perspectiva de um garoto suicida. Achei a sinopse do livro interessante, embora pareça ser um tanto quanto forte, no sentido de provocar emoções de angústia e afeto pela personagem. A capa é bem simples, não há nada de muito chamativo, já o título resume bem a premissa do livro.

    http://umadosemaisforte.blogspot.com.br/

  • Gladys Sena disse:

    A perspectiva de um suicida deve ser angustiante!!

Deixe seu comentário

Seu e-mail nunca será divulgado ou compartilhado.